• Gabrielle

HELSINQUE: a charmosa capital da Finlândia

Atualizado: 26 de Jul de 2018



Helsinque (Helsínquia, em português de Portugal e, Helsinki, em inglês), a capital da Finlândia, nos surgiu como uma oportunidade de visitar quando decidimos ir para a Lapônia Finlandesa no Carnaval de 2018. Como estávamos vindo de Londres e, para chegar à Lapônia (no caso, em Saariselkä e Rovaniemi), era obrigatória conexão em Helsinque, pensamos: por que não reservar um diazinho para conhecer a capital finlandesa, ela nem é tão grande, podemos conhecê-la em 1 dia, não? Provavelmente não teremos outra oportunidade, num futuro próximo, de visitá-la, não é?


>>> Veja aqui o post com o clipe da nossa viagem à Lapônia


>>> Veja aqui o post de nossa estadia na Lapônia Finlandesa, na cidade de Ivalo


>>> Veja aqui o post de nossa estadia na Lapônia Finlandesa, na cidade de Saariselkä


>>> Veja aqui o post de nossa estadia na Lapônia Finlandesa, na cidade de Rovaniemi, a Terra do Papai Noel


Então, assim foi! Helsinque entrou no roteiro e ganhou 1 dia inteiro só para ela. Me surpreendi com as avaliações e opiniões positivas quando comecei a pesquisar sobre a cidade... capital do design na Europa, moderna, transporte público eficiente e ótimas opções gastronômicas.


Nós chegamos em Helsinque às 6:20h da manhã, de trem, vindos de Rovaniemi, na Lapônia. Chegamos no Valentine's Day. Alugamos(*) um carro para otimizar nosso tempo, passamos o dia todo passeando, jantamos para comemorar o amor e, no dia seguinte cedo, embarcamos no aeroporto, de volta à Londres, para mais alguns dias antes de retornarmos ao Brasil.


* Alugamos o carro na Europcar que fica na lateral externa (a oeste) da Estação Central de Trem.


Aqui embaixo conto um pouquinho mais sobre o nosso dia, roteiro, hotel e lugares que conhecemos.



>>> ONDE SE HOSPEDAR <<<


Nossa escolha:


CLARION HOTEL HELSINKI


  • Hotel bem novo, moderno, cheio de design, estilo e personalidade, pet friendly e bem em frente ao mar congelado do Golfo da Finlândia


  • Este hotel fica na região do Terminal Portuário Turístico. A meu ver, vale a pena ficar nesta região para quem está com carro, pois ela é mais distante do miolo, do Centro, onde estão as principais atrações da cidade. Também é mais fácil estacionar nesta região, se comparado ao Centro. Como não pretendíamos mais passear depois que fizessemos o check-in, optamos por este hotel pelo estilo e pela facilidade de estacionamento. Saímos à noite somente para jantar.


  • Os quartos têm tamanhos razoáveis (pode ficar apertado se o(s) hóspede(s) tiver muitas malas). Eles devem ter quartos superiores e maiores, mas optamos por um quarto regular/econômico.


  • No rooftop do hotel fica o Sky Room, um espaço maravilhoso para encontrar pessoas, com drinks, boa música, design luxuoso e uma vista deslumbrante de toda a cidade e do Golfo congelado. Também no topo, fica a piscina externa aquecida -- o teto do local é retrátil, para dias de muita neve. No mesmo terraço tem sauna e academia.


  • Apesar do buffet completo de café da manhã ser servido somente às 7:00h, o Hotel oferece na recepção, a partir das 5:00h, o early bird breakfast, uma versão enxuta do desejum, mas que foi perfeita para nós, pois nosso vôo de volta era bem cedo.


Dica: cadastrar-se no programa de fidelidade da Rede Clarion, pelo site. Assim, você ganha algumas vantagens, como descontos e a possibilidade de escolher ficar em quartos altos e com vista, sem pagar nada mais por isso.



Para mim, um dos pontos altos do Clarion, determinante para minha escolha por este hotel, foi a vista para o mar do Golfo da Finlândia congelado e a área portuária (sem navios, em razão do gelo).


Como nos cadastramos no programa de fidelidade da Clarion, conseguimos um quarto bem alto, com esta vista básica da foto aí de baixo:




Outras opções legais de hospedagem:


Hotéis 4 e 5 estrelas, com ótima localização, no Centro:


Hotéis 2 e 3 estrelas, com ótima localização, no Centro:


Hostel:



>>> O QUE FAZER <<<


Helsinque é uma capital relativamente pequena, se comparada a outras capitais européias, como Paris, Londres, Roma, Berlim... mas ela tem um charme único, só dela...


Como tínhamos apenas 1 dia para conhecer, me concentrei nas atrações e pontos turísticos do Centro (no miolinho de Helsinque) pela manhã -- dá para fazer tudo a pé, tranquilamente.


À tarde, fomos em alguns outros locais mais distantes, que exigem carro, taxi ou metrô.


Para auxiliar no roteiro pelo Centro/Miolo de Helsinque, onde é possível fazer tudo a pé, montei este Walking Tour Map (Mapa para Tour a Pé) abaixo, começando o percurso na Catedral de Helsinque e finalizando na Kamppi Chapel.


Siga os números, a legenda, as flechas e caminhos do mapa e você tirará de letra. Em uma manhã, dá para fazer todo este miolo:




HELSINKI'S CATHEDRAL (CATEDRAL DE HELSINQUE)

Endereço: Unioninkatu 29, 00170

Endereço de Estacionamento (Parking Garage) > se estiver de carro: Fabianinkatu 27 (em frente à loja Mulberry tem uma rampa em descida, com uma placa P e outra escrita Kluuvi)


A Helsinki's Cathedral é, sem dúvidas, o símbolo e o principal cartão-postal de Helsinque. A Catedral Luterana, toda branca com domos verdes, foi projetada por Carl Ludvig Engel e construída entre 1830-1852.



SENATE SQUARE (PRAÇA DO SENADO)

Endereço: Unioninkatu 29, 00170


A Praça do Senado, Senate Square, também arquitetada por Carl Ludvig Engel, conjuga os principais elementos da cultura finlandesa: a catedral luterana, o Conselho de Estado, a Universidade e uma estátua do czar russo Alexandre II. Helsinque tem muito em comum com a Rússia, foi território russo por anos, sendo que no ano passado (2017) comemorou os 100 anos de sua independência.


Dizem que abaixo da Praça do Senado existem inúmeros túneis subterrâneos secretos, com acesso restrito a grandes autoridades, para a proteção da cidade em caso de um ataque dos vizinhos russos. Aliás, Helsinque tem quase uma cidade toda subterrânea, com projeção de abrigar até 600.000 pessoas até 2020, exatamente a população da capital. Porém, apenas 30% do que está subterrâneo é aberto ao público. O restante é confidencial (veja mais aqui).



BRIDGE OF LOVE (PONTE DO AMOR)

Endereço: Kanavaranta 5, 00170


Como em várias outras cidades do mundo, Helsinque também tem sua Ponte do Amor, Love Bridge, cheia de cadeados guardando o amor dos que passaram por ali. A cidade estimula a colocação dos cadeados no local, diferente de Paris, que já está retirando os cadeados da Pont des Arts, por conta do peso que abala suas estruturas (ok, lá tem bem mais do que aqui).

Eu já havia pesquisado sobre a Love Bridge, então levei um cadeadinho de coração para amarrar nosso amor para sempre em Helsinque. É este aí da primeira foto de baixo, circulado com um coração. A chave, trouxemos para o Brasil rsss




USPENSKI CATHEDRAL (CATEDRAL USPENSKI)

Endereço: Kanavakatu 1, 00160


A Uspenski Cathedral é uma Catedral Ortodoxa Russa dedicada à Dormição dos Theotokos (a Virgem Maria). Seus tijolos vermelhos e cúpulas em bronze fazem um contraste dramático com o branco da neve.



SKY WHEEL HELSINKI (RODA-GIGANTE DE HELSINQUE)

Endereço: Katajanokanlaituri 2, 00160


Helsinque também tem sua roda-gigante, a Sky Wheel Helsinki, assim como Londres e Las Vegas. Nem se compara em tamanho, é claro.


O passeio é pago, mas barato (acho que era 12 euros). Decidimos não fazer, pois estava frio, passamos cedo por ali, quando ainda estava fechada, e não sentimos vontade de voltar mais tarde.


Mais informações no site oficial.



KAUPPATORI (MARKET SQUARE)

Endereço: Eteläranta, 00170


O Kauppatori ou Market Square é uma feirinha/mercadinho de rua que acontece o ano todo. As banquinhas ficam bem em frente à Estátua da Havis Amanda e vendem souvenirs, artesanatos, comidas, iguarias, artigos de couro e pele, e tem vários cafés.


Eu havia anotado para provar lettu (crepes com geléia de morango), tradicional em Helsinque.


O horário de funcionamento é Seg-Sex 06:30-18, Sáb 06:30-16, Dom 10-17. Porém, eu passei por ali em uma quinta-feira, umas 7:00h da manhã e eles ainda estavam montando as bancas, então nem conseguimos ver nada, nem comer lettu :(


Portanto, é recomendável chegar um pouquinho mais tarde, especialmente no inverno.



PRESIDENTIAL PALACE (PALÁCIO PRESIDENCIAL)

Endereço: Mariankatu 2, 00170


Residência oficial do Presidente da Finlândia desde 1993. No Palácio fica também o Gabinete do Presidente.



HELSINKI CITY HALL (PREFEITURA DE HELSINQUE)

Endereço: Pohjoisesplanadi 11-13, 00170


Prefeitura de Helsinque, onde fica a administração geral da cidade.



OLD MARKET HALL (ANTIGO MERCADO)

Endereço: Eteläranta, 00130


Um local imperdível em Helsinque para quem gosta de ver (e também comer) comidas típicas/tradicionais e iguarias: o Old Market Hall.


Este mercado serve a clientela desde 1889. Os comerciantes vendem de tudo, pão, queijos, geléias, óleos, vinagres, temperos, molhos, peixes (muito salmão e caviar), moluscos, carnes, vegetais, frutas, chocolates, bolos, especiarias, café, chá...


Dentro do mercado tem alguns cafés, como o Robert's Café e o Story. É um ambiente bem gostoso para tomar o café da manhã. Foi o que fizemos. Como chegamos às 6:00h, de trem, fomos ao mercado fazer nosso desejum rsss. Eu pedi crepe de maçã com canela no Café Story (tem foto na galeria ali embaixo), que fica bem no Centro do Mercado -- fofo e delicioso.


Há também restaurantes, para quem preferir almoço ou janta por lá!


Neste link tem uma mapa com a lista de todos os cafés, restaurantes e lojinhas.


No Old Market Hall tem uma pequetita Alko Store, para quem quiser levar uma vodka de lembrança para casa ou experimentar um vinho da região.


Na Finlândia, as lojas de bebidas são exploradas unicamente e obrigatoriamente pelo Governo, são as chamadas ALKO STORE. É proibido a um particular vender bebidas, provavelmente porque o país enfrenta um grande problema social com o alcoolismo.



HAVIS AMANDA

Endereço: Kauppatori, 00130


Havis Amanda é a estátua de uma mulher nua esculpida em bronze pelo artista finlandês Ville Vallgren, que fica bem na ponta leste do Parque Esplanadi.


A estátua retrata uma sereia a se levantar das águas, com quatro peixes jorrando água a seus pés e cercada por outros quatro leões marinhos. Ela está inclinada para trás, como se dissesse adeus à sua essência. Segundo consta, a intenção de Vallgren era simbolizar o renascimento de Helsinque.



PARQUE ESPLANADI

Endereço: Pohjoisesplanadi, 00101


O Parque Esplanadi é um parque urbano, bem no miolo turístico de Helsinque. É um parque longo que acompanha, pelo meio, o perscurso de duas avenidas: a Pohjoisesplanadi (a norte) e, a Eteläesplanadi (a sul).


Além de passear pelo parque, é legal também passear pelo lado da rua onde ficam as lojas na Avenida Pohjoisesplanad. Por ali, tem várias lojas de marcas finlandesas, restaurantes e cafés gostosos.


Um café bem charmosinho para parar e se esquentar é o Café Esplanad, neste mesmo lado da rua (na quadra da Louis Vuitton).


Outro café que vale a pena conhecer é o Karl Fazer Café, da marca de chocolates Fazer, tipicamente finlandesa e amada por lá. Este café não fica na avenida principal, mas em uma de suas transversais, na rua do Hotel Kämp e da loja de malas Longchamp.


Algumas lojas legais, nem que seja só para ver as vitrines e novidades: Iittala (utensílios domésticos), Rimowa (malas), Furla (roupas), Max Mara (roupas), Louis Vuitton. Todas no lado da rua da Avenida Pohjoisesplanad. E, na rua paralela a esta Avenida, ao norte, tem outras lojas que também amamos e não são tão caras: H&M, Mac Cosmetics e Apple.


Se como eu, você curte entrar em supermercados no exterior, tem um K-Market (acho que a rede mais presente em Helsinque) no Parque Esplanadi, quase na ponta oeste do parque pela Avenida ao sul (a Eteläesplanadi). Lá, dá para fazer as compras de chocolates Fazer, frutas, geléias, molhos, salmão (se estiver em Air B&B, por ex.)...


Só lembrando, a Finlândia é super famosa por seus cogumelos e frutinhas vermelhas (bilberries, raspberries, lingonberries), que crescem nas florestas boreais, durante o verão. Em alguns locais a a atividade de colheita de berries and mushrooms é super procurada, um chamariz de turistas para vários hóteis.

Ainda na ponta oeste do Parque, mas voltando para o lado da rua da Avenida Pohjoisesplanad, fica a Loja de Departamentos Stockmann (tipo uma Macy's ou Harrod's), só coisas lindas espalhadas nos seus 8 andares.


E bem em frente à entrada da Stockmann, pelo calçadão, fica uma loja de móveis chamada Artek, muito legal, moderna, com um estilo de design escandinavo, clean... eu montaria minha casa só com objetos de lá, amei tudo.


E, seguindo reto neste calçadão da Stockmann e da Artek (transversal ao Parque Esplanadi), chegará direto na Estação Central de Trem de Helsinque.



HELSINKI CENTRAL RAILWAY STATION (ESTAÇÃO CENTRAL DE TREM DE HELSINQUE)

Endereço: Kaivokatu 1, 00100


A Helsinki Central Railway Station é a principal estação para trens urbanos e trens de longa distância partindo/chegando de/a Helsinque. É considerada uma atração turística na cidade, pela sua arquitetura. Em 2013, foi escolhida como uma das estações ferroviárias mais bonitas do mundo pela BBC.


Nós chegamos em Helsinque, vindos da Lapônia (cidade de Rovaniemi) aqui nesta estação, então conhecemos ela por dentro e por fora. O trem que faz o percurso Rovaniemi-Helsinki é o Santa Claus Express Night Train.


>>> Veja aqui o post sobre nossa viagem pelo Santa Claus Express Night Train



KAMPPI CHAPEL / SILENCE CHURCH (CAPELA DO SILÊNCIO)

Endereço: Simonkatu 7, 00100


A Capela do Silêncio / Kamppi Chapel é o local perfeito para uma pausa no ritmo agitado da capital, para desacelerar um pouquinho e meditar, agradecer, conversar com quem você acredita guiar sua vida (Deus, Buda, Alá, energias, etc...), sem nenhum preconceito ou cunho religioso.


O silêncio dentro dela é impressionante e o minimalismo do design torna o ambiente ainda mais acolhedor e imparcial, com os bancos e paredes ovaladas feitos com pinus finlandês, a madeira queridinha no país.


* A foto do interior da Capela peguei no Google Images. Não achei legal tirar foto ali dentro, até porque mesmo o barulhinho de abrir a bolsa parece muito alto no total silêncio do interior.


Todas os pontos turísticos, lojas e cafés que mencionei acima são próximos e podem ser feitos, tranquilamente, a pé, mesmo no inverno (quando fomos). Um período do dia (manhã ou tarde), é suficiente para conhecê-los. Já os locais que mencionarei abaixo, sugere-se que sejam feitos de carro, taxi ou metrô (o sistema público de transporte é super eficiente em Helsinque).


FINLAND PARLIAMENT HOUSE (PARLAMENTO FINLANDÊS)

Endereço: Mannerheimintie 30, 00100